Como vivem os cachorros abandonados por Claudia Ohana é de cortar o coração – Super Radio Hits

Como vivem os cachorros abandonados por Claudia Ohana é de cortar o coração

Compartilhe:

No final do ano passado, a Atriz Cláudia Ohana procurou a ONG Toca do Bicho para adotar dois cachorros, Thor e Tigrão. Os animais são mestiços de pitbull com vira lata. No entanto, Cláudia não foi nem de longe uma boa dona para os cãezinhos. Durante os quatro meses em que estiveram na casa da artista, sequer colocaram as patinhas na rua uma única vez. Sim, Cláudia nunca os levou para passear.

Os cachorros ainda são filhotes e, portanto, têm muita energia para gastar. Como a atriz pouco dava atenção a eles, os bichanos viviam correndo pela casa e, segundo palavras da própria Cláudia Ohana, “destruindo tudo”. A convivência com os cachorros durou pouco e logo eles foram devolvidos à ONG.

Depois que retornaram para adoção, Cláudia nunca os visitou. Jamais mandou um saco de ração. E os bichanos seguem lá, abandonados e em busca de um novo lar. Thor apresenta sinais claros de depressão. É bem tristinho, traumatizado. O fato de serem considerados cães de grande porte dificulta tudo. As pessoas têm preferência por cachorros menores.

Na época, Cláudia recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais pela atitude. Tentou, inclusive, se justificar, alegando que estavam se aproveitando da situação para distorcer os fatos. Representantes da ONG Toca do Bicho divulgaram um áudio que causou revolta nas redes sociais.

“Eu não tenho condição de ficar com eles. Eu não tenho mais sala, eu não tenho mais nada. Eu boto um ovo em cima da pia, eles estão comendo tudo. Ou eu, ou eles. Queria saber o que eu posso fazer. Você pode me ajudar nisso? Porque está muito complicado para mim. E os meus netos vão ter que vir para cá, a minha filha que está em São Paulo… Está muito complicado. Realmente, são tempos muito difíceis. E eu, infelizmente, vou ter que devolvê-los. Eu sei que não deveria fazer isso, mas estamos em um momento muito complicado,” diz o áudio.

Poste seu comentário no Facebook:

Compartilhe:
Facebook Comment

Deixe a sua opinião: