Capital Inicial inaugura o próprio selo com single em que rebobina música de 2002 – Super Radio Hits

Capital Inicial inaugura o próprio selo com single em que rebobina música de 2002

Compartilhe:

♪ São cada vez mais raros os artistas que permanecem no elenco de grandes gravadoras com músicas e discos feitos fora do mainstream pautado pelo sacolão pop que abarca sertanejo, forró, funk e folk genérico de good vibes.

Silva se desligou do selo slap, da gravadora Som Livre, e lançou o álbum Cinco via Farol Music. Até então na Sony Music, o grupo Capital Inicial saiu da gravadora multinacional e abriu selo próprio, Capital Inicial Music, cujos discos serão editados no mercado fonográfico digital através da distribuidora The Orchard.

O primeiro lançamento do selo Capital Inicial Music é o single Incondicionalmente, no qual a banda brasiliense rebobina música antiga – parceria de Dinho Ouro Preto com Mingau, lançada originalmente pelo Capital Inicial no álbum Rosas e vinho tinto (2002) – em gravação inédita produzida por Liminha no estúdio Nas Nuvens, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Incondicionalmente foi escolhida por seguidores da banda em enquete online em que o grupo apresentou 16 músicas menos badaladas do repertório do quarteto para que os fãs elegessem uma para ser regravada.

single Incondicionalmente chega ao mercado simultaneamente com clipe filmado em preto e branco no qual Dinho Ouro Preto (voz), Fê Lemos (bateria), Flávio Lemos (baixo) e Yves Passarell (guitarra) reinterpretam a composição na companhia de Fabiano Carelli.

Fê Lemos com Mel Ravasio, com quem Hotel Básico gravou o terceiro álbum — Foto: Denise Andrade / Divulgação

Fê Lemos com Mel Ravasio, com quem Hotel Básico gravou o terceiro álbum — Foto: Denise Andrade / Divulgação

♪ E por falar no Capital Inicial, o baterista do grupo – Fê Lemos, músico integrante da formação original da banda e revelado no grupo punk Aborto Elétrico – dá continuidade à obra fonográfica de Hotel Básico, projeto autoral de pop eletrônico de Fê.

Hotel Básico já tem pronto um terceiro álbum, gravado entre agosto e setembro – com a adesão da cantora, compositora e guitarrista Mel Ravasio, ex-vocalista da banda Lipstick – e programado para ser lançado no início de 2021.

O álbum já tem um primeiro single em rotação, Quanto mais eu vejo, composição assinada por Fê em parceria com Ravasio e formatada com mix de batidas de house e pop rock que dá o tom do álbum.

Feita em estúdio da cidade de São Paulo (SP), com produção musical capitaneada pelo próprio Fê Lemos, a gravação de Quanto mais eu vejo junta Fê (synths e programações) e Ravasio (voz) com Gabriel Rocca (programações e synths).

Poste seu comentário no Facebook:

Compartilhe:
Facebook Comment

Deixe a sua opinião: