Bacci acusa homem de matar enteada, mas caso tem reviravolta e apresentador vai pagar caro – Super Radio Hits

Bacci acusa homem de matar enteada, mas caso tem reviravolta e apresentador vai pagar caro

Compartilhe:

Luiz Bacci apresenta o Cidade Alerta, na RecordTV, há alguns anos. O “menino de ouro”, como é chamado por alguns, costuma receber elogios, mas também é obrigado a conviver com muitas críticas. O programa policialesco é muito criticado pelo conteúdo que leva ao ar diariamente.

Em 2018, Bacci noticiou no Cidade Alerta a morta de uma menina de apenas dois anos. Ao vivo na RecordTV, o apresentador fez graves acusações ao padrasto, que naquele foi momento foi chamado de “monstro” e outros adjetivos pejorativos. “Criança é violentada pelo padrasto”, dizia a chamada. O homem foi denunciado criminalmente pelo Ministério Público, mas a denúncia acabou rejeitada.

laudo necroscópico mostrou que a criança morreu, por causa de uma infecção grave no pulmão. Os hematomas que ela tinha no corpo, provavelmente, foram causados no momento em que a menina teve uma convulsão ou uma queda da cama.

Bacci e RecordTV vão ter que pagar indenização

A defesa do homem acusado de ter matado a enteada entrou na Justiça contra Luiz Bacci e a RecordTV. A decisão saiu. A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) manteve, por unanimidade, a decisão que já havia sido tomada pela juíza Melissa Bertolucci, da 27ª Vara Cível de São Paulo.

A juíza entendeu que a reportagem do Cidade Alerta excedeu o dever de informar e que a honra e a imagem do homem acusado erroneamente ao vivo na TV foram ofendidas. Bacci e RecordTV terão que pagar R$ 50 mil em indenização, de acordo com a decisão da Justiça.

Poste seu comentário no Facebook:

Compartilhe:
Facebook Comment

Deixe a sua opinião: