Aos 93 anos, Cid Moreira lamenta morte da filha e comove com desabafo: ‘Uma parte de mim morreu com ela’

Espalhe para os amigos:

Em meio ao luto de Whindersson Nunes, Cid Moreira, de 93 anos, usou o Instagram nesta quarta-feira (2) para se solidarizar com a dor do humorista e lamentou a morte da filha, no ano passado. Comovido com a perda de João Miguel, o jornalista falou de sua triste experiência e quis saber sobre relatos de internautas que também viveram o mesmo luto.

Com a foto das mãos de Whindersson Nunes e João Miguel, Cid Moreira relatou que a imagem lhe causou profunda comoção e, logo em seguida, citou o falecimento da filha, Jaciara, que veio a óbito por conta de um enfisema pulmonar.

“Não perdi a minha filha bebê! Ela era bem adulta e mesmo assim uma parte de mim morreu com ela!”, disse Cid Moreira, ao dividir sua dor com os seguidores no Instagram. O jornalista destacou que cada mãe e pai que passaram pela mesma dor saberiam do que ele estava falando em sua publicação.

Cid Moreira comentou a perda de Whindersson Nunes e falou a respeito das expectativas que os pais sentem com o nascimento de um filho e frustração com a morte. “Os meses de espera. O amor! A ansiedade e, infelizmente, no final a dor!”, escreveu o jornalista, causando comoção nos seguidores.

Diante do desabafo de Cid Moreira, internautas relataram suas experiências com a morte de um filho. “Me solidarizo com todos papais e mamães que passaram por esse momento de dor”, escreveu uma seguidora do jornalista no Instagram. “Eu perdi minha filha de 14 anos pro Covid. Uma dor sem fim”, lamentou outra internauta, ao contar sobre seu luto nos comentários da publicação do ex-âncora do Jornal Nacional.

Poste seu comentário no Facebook:
Facebook Comment

Deixe a sua opinião: